Um troféu para Bebeto Castilho e o Tamba Trio

Aí está o canto simples, a simpatia, as histórias de Bebeto Castilho. Um dos fundadores do Tamba Trio, o contrabaixista, flautista e cantor dizia repetidas vezes na noite do último domingo: “Obrigado a você, poxa…”. Era a resposta a todos que lhe agradeciam pela música e pelo show que marcou a entrega do Troféu Beco das Garrafas a mais um ícone da música brasileira.

– Bebeto, muito obrigado.

– Obrigado a você, poxa…

– Eu tenho quase todos os seus discos.

– É?!

O diálogo entre um fã e Bebeto Castilho se deu antes da homenagem. Enquanto autografava LPs do Tamba Trio, que formou ao lado de Luiz Eça e Hélcio Milito, Bebeto lembrava histórias. Manoel Filho retirava os discos da caixa de papelão dos Correios, Bebeto assinava e comentava. O portal Coisas da Música estava no Beco das Garrafas, em Copacabana, a poucos minutos da apresentação:

– Este nós gravamos logo depois do nosso show aqui no Bottles – Bebeto pegava no LP “Avanço”, de 1963.



A estética da bossa nova

Um dos que assistiram ao show, o flautista Red Sullivan comentava que a maior referência de bossa nova para ele era a flauta de Bebeto Castilho. Bebeto não tocou o instrumento, mas cantou. E de forma natural, simples, próprio da estética do gênero: o canto como se fosse falado.

A pronúncia, algo de suma importância. A respeito disso, Bebeto lembrou de uma conversa com João Gilberto, que costumava ir até sua casa, na Tijuca, ouvir discos. Essas reuniões também eram frequentadas por João Donato e Johnny Alf, e foi numa delas, no início da década de 1950, que o violonista baiano deu a dica:

– Não é a Isabel que dá samba, é a Vila Isabel – João Gilberto usava o samba de Noel Rosa para mostrar como o cantor deve dividir as sílabas sem alterar o sentido do verso.

Na porta do Bottles Bar, Bebeto explica:

– Não tem que ter pausa entre as palavras “Vila” e “Isabel”, entende? Foram dicas assim que me ajudaram muito.

Bebeto Castilho observa o saxofonista José Carlos Bigorna Foto: Bernardo Costa/coisasdamusica

Bebeto Castilho observa o saxofonista José Carlos Bigorna Foto: Bernardo Costa/coisasdamusica

No palco

João Gilberto, Donato, Johnny Alf, Bebeto Castilho. Jovens que buscavam novas formas de expressão musical. E no porão da casa 45 da Rua Conselheiro Zenha, ouviam música e sonhavam como uma carreira.

Na noite de domingo, dia 14, Bebeto Castilho fez um apanhado da sua. No repertório, clássicos como “Tristeza de nós dois”, que fez em parceria com Maurício Einhorn e Durval Ferreira; “Alegria de viver”, de Luiz Eça, gravada com o Tamba Trio; e canções de seus dois discos solo.

Acompanhado por Paulo Midosi (piano), Haroldo Cazes (contrabaixo), Rubinho (bateria) e José Carlos Bigorna (saxofone e flauta), foi possível perceber características de seu estilo. Algo semelhante ao que Caetano Veloso escreveu no encarte do CD “Amendoeira” (2005): “total ausência de ansiedade, desdramatização absoluta sem perda da poeticidade, imaculada naturalidade no trato com as notas musicais”.

Tal qual a bossa nova formulou.

 

Créditos adicionais

Foto de capa: Bernardo Costa / portal Coisas da Música

Vídeo “Bebeto Castilho – Troféu Beco das Garrafas”: Gravado no Bottles Bar, Beco das Garrafas, Copacabana, Rio de Janeiro, 14/08/2016. Imagens e edição: Bernardo Costa/ portal Coisas da Música

Vídeo “Bebeto Castilho – encontro com fã”: Gravado no Beco das Garrafas, Copacabana, Rio de Janeiro, 14/08/2016. Música: “Alegria de viver” (Luiz Eça). Imagens e edição: Bernardo Costa/ portal Coisas da Música

Galeria de fotos: Bernardo Costa / portal Coisas da Música

Você pode gostar...

5 Resultados

  1. Foi uma noite memorável mesmo… Parabéns… !!!

  2. Olivia Mansur disse:

    Que maravilha essa reunião de grandes e talentosos músicos, nesse lugar icônico, comandado pela cantora e produtora Amanda Bravo.

  3. Manoel Filho disse:

    Foi uma noite incrível, mestre Bebeto sempre solícito e encantando a todos. E ainda autografou meus lps, valeu pelo registro. Forte abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *