Categoria: Entrevista

3

A quintessência do samba-jazz

Téo Lima & Bossa Rio tocam todos os domingos no Beco das Garrafas. No repertório, os arranjos originais dos discos de samba-jazz dos anos 1960. Veja a entrevista com o baterista Téo Lima

5

O humorista Paulo Silvino foi cantor de bossa nova

Paulo Silvino conta a história do disco “Nova geração em ritmo de samba” (1960), que gravou ao lado de Durval Ferreira, Claudette Soares e Eumir Deodato, que fez sua estreia num LP aos 17 anos. Confira nesta entrevista ao portal Coisas da Música

6

Celso Brando: um violão gravado na História

Aqui está o violonista que gravou nos LPs “Bossa nova”, de Roberto Menescal e seu Conjunto; “Vagamente”, de Wanda Sá; e “Embalo”, de Tenório Jr. Fotógrafo e arquiteto, Celso Brando relembrou momentos de sua trajetória musical no início dos anos 1960.

2

Hector Costita: no lugar certo, na hora certa

O último show da turnê foi no Rio de Janeiro, em 1958. A bossa nova surgia e o saxofonista argentino Hector Costita se aliou a ela. Entre outros grupos, formou o sexteto Bossa Rio. Nesta entrevista, Costita mostra fotos da época

3

Maurício Einhorn: a sinceridade de um pioneiro

Mauricio Einhorn é um devoto da arte. Quando lhe perguntam se tem religião, o gaitista, em atividade desde os anos 40, responde: música. Neste encontro, ele dá o exemplo de como o instrumentista deve improvisar. Veja o vídeo